Gustavo Frigotto e Nicolas Salmini reforçam a Paraguay Racing na Cascavel de Ouro

da7859786e19ef6fedbef92263ee3cf2 - Gustavo Frigotto e Nicolas Salmini reforçam a Paraguay Racing na Cascavel de Ouro

Pilotos curitibanos têm atuação de destaque em categorias de base nacionais e unem forças para disputa pelo prêmio de R$ 100 mil

Campeã da prova em 2016, a Paraguay Racing teve nesta segunda-feira (28) a confirmação de uma dupla de curitibanos para a disputa da edição que vai marcar, no dia 5 de novembro, o cinquentenário da Cascavel de Ouro. Um dos carros da equipe, o Ford Fiesta número 86, terá Gustavo Frigotto e Nicolas Salmini como pilotos na prova, que premiará os vencedores com R$ 100 mil e o troféu caracterizado por conter uma serpente confeccionada em ouro.

Frigotto atua desde 2015 no Campeonato Brasileiro de Turismo, série de acesso à Stock Car em que conquistou nove pódios, um deles como vencedor. Antes disso, passou pelos campeonatos Paranaense e Curitibano de Kart, em 2010, foi terceiro colocado nas 500 Milhas de Kart em 2011, obteve uma vitória e quatro pódios na Fórmula 3 sul-americana entre 2012 e 2013 e participou da Sprint Race Brasil em 2014, terminando a temporada como terceiro colocado.

“Os melhores pilotos do Brasil de diferentes categorias se enfrentam de igual para igual na Cascavel de Ouro, em carros que proporcionam uma corrida disputada do inicio ao fim”, observa Frigotto. “Ter uma participação de sucesso é uma grande satisfação e um grande aprendizado para qualquer piloto. Os custos são bastante acessíveis e se tem muito tempo de pista, o que é ótimo pra preparação para o Brasileiro de Turismo”, diz o piloto de 22 anos.

Salmini, de 19 anos, dedicava-se ao automodelismo na infância. Veio de Frigotto a influência para que passasse a se dedicar às corridas de kart. Teve a primeira atuação em campeonatos no Sul-Brasileiro de 2011, onde conquistou o vice-campeonato. O contato com as corridas teve sequência acompanhando seu pai Jorge Salmini, chefe de equipe da Paraguay Racing na Copa Petrobras de Marcas. Em 2017, veio a oportunidade de voltar a pilotar.

“Disputei uma etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo 1600. Mesmo sem resultados tão bons, a estreia em Curitiba me permitiu aprender bastante”, comenta Salmini. Na etapa seguinte, em Goiânia, ele teve uma quebra de câmbio na primeira bateria. Na segunda, largando em 27º, terminou em quinto. “A Cascavel de Ouro vai ser uma excelente oportunidade de me reunir com o Gustavo, meu amigo de infância, para acelerarmos juntos”, considera.

A PROVA
A Cascavel de Ouro mantém o formato praticado desde 2014, levando à pista carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6 configurados pelo regulamento técnico do Campeonato Paranaense. Admitindo inscrição de duplas e trios, a corrida terá duração de três horas, com transmissão ao vivo e na íntegra pelo BandSports, com geração de imagens da Master/CATVE, que também presta o serviço para campeonatos como Stock Car, Porsche GT3 Cup e Copa Truck.

A taxa de inscrição na Cascavel de Ouro é fixada por carro, tendo valor igual para duplas e trios de pilotos. As inscrições efetuadas até 31 de agosto terão custo de R$ 3.500,00. Para as confirmações feitas entre os dias 1º e 30 de setembro o valor será de R$ 4.000,00. A partir de 1º de outubro a taxa será de R$ 4.500,00 por carro. Mais informações a respeito de inscrições podem ser solicitadas por e-mail, para o endereço cascaveldeouro2017@gmail.com.

d14d0b83358d3cc6b812af672d2c8eb2 300x200 - Gustavo Frigotto e Nicolas Salmini reforçam a Paraguay Racing na Cascavel de Ouro

(crédito da foto – Rodrigo Guimarães/Grelak Comunicação):
Gustavo Frigotto, do Brasileiro de Turismo, faz sua estreia na Cascavel de Ouro

e4c3392b7590c11c6ed6bb8d94c25254 200x300 - Gustavo Frigotto e Nicolas Salmini reforçam a Paraguay Racing na Cascavel de Ouro

(crédito da foto – Grelak Comunicação):
Nicolas Salmini estreia no automobilismo em 2017 e já confirma presença na Cascavel de Ouro

Grelak Comunicação