Rally dos Sertões: Bruno Varela ainda acredita na vitória entre os UTV

Diferença entre os líderes no último dia é de apenas 1min24s

A categoria UTV continua emocionante até o último dia do Rally dos Sertões, que termina neste sábado (26/8) em Bonito (MS). Afinal, depois de seis dias e percorridos mais de 2.500 km por três Estados do Centro-Oeste, Lucas Barroso/Breno Rezende (Can-Am Maverick X3) e Bruno Varela/João Arena (Can-Am Maverick X3/Divino Fogão/Blindarte) chegam para a reta final separados por apenas 1min24s.

“Ontem (quinta-feira) estávamos na liderança e hoje caímos pra segundo. Como aconteceu comigo, ainda pode acontecer com os líderes. Hoje tivemos alguns probleminhas, mas amanhã vamos sentar o pau”, avisa Bruno Varela, que nos dois últimos anos terminou a prova mais importante do off-road nacional na terceira posição.

O penúltimo dia de competição foi o mais curto, com 429,45 km entre Coxim e Aquidauana (MS), e com apenas 194,91 km cronometrados. A Especial da sexta-feira (25/8) foi bem travada e dura no início, com trechos de piçarra com muitas pedras e lombas. Na segunda parte da Especial, após a descida da serra, seguiu por estradas mais planas e continuou rápida até o final.

“Foi uma Especial curta, mas difícil. Saímos com 39 segundos de vantagem, no entanto, tivemos algumas dificuldades no primeiro trecho e perdemos muito tempo. No fim, hoje terminamos em terceiro e perdemos dois minutos na Especial toda. A diferença agora é de 1min24s e não vamos relaxar, vamos atrás desta vitória”, completa Varelinha, de apenas 21 anos de idade.

No fim das contas, a Família da Poeira foi muito bem novamente, com Gabriel Varela/Gabriel Morales e Rodrigo Varela/Idali Bosse terminando o dia logo a seguir, respectivamente em quarto e quinto. “Mesmo comboiando o Bruno nós fomos muito bem. Amanhã vamos manter a nossa estratégia de ficar seguindo ele para o caso de ser necessária alguma ajuda. Estamos torcendo pela vitória do nosso irmão caçula nesta edição histórica do Rally dos Sertões”, torce Rodrigo, o filho mais velho do campeoníssimo piloto Reinaldo Varela.

O 25º Rally dos Sertões ainda vai guardar algumas surpresas para o último dia da prova, exigindo muito dos concorrentes, notadamente de Varela/Arena e Barroso/Rezende, que não poderão aliviar nos 420,78 km entre Aquidauana e Bonito. A sétima Especial de 240,45 km começa bem rápida e segue por fazendas com trechos bem sinuosos, seguido por trechos de trial com muitas pedras. Nos últimos quilômetros, a prova volta a ficar rápida até a chegada. Depois é só se deslocar por 51,71km para comemorar o resultado.

“O Rally dos Sertões é difícil e as vezes ingrato. Já aconteceu várias vezes de a vitória ser decidida nos últimos quilômetros, a favor de quem não estava na liderança. Ainda tem muito chão pela frente e muita coisa pode mudar”, acredita Gabriel Varela.

A equipe Divino Fogão Rally Team participa do 25º Rally dos Sertões com uma picape protótipo e três UTVs, contando com organograma formado por 60 pessoas e estrutura composta por dois caminhões, um motor-home, dois trailers para 10 pessoas cada um, três camionetes, dois carros e duas motos de apoio.

Confira os dez primeiros (extra-oficial) na categoria UTV no sexto e penúltimo dia do Rally dos Sertões 2017: 1) Lucas Barroso/Breno Rezende, Can-Am Maverick X3, 2h11min44s15; 2) Denisio Nascimento/Emilio Rockenbach, Can-Am Maverick X3, 2h13min12s75; 3) Bruno Varela/João Arena, Can-Am Maverick X3, 2h13min47s74; 4) Gabriel Varela/Gabriel Morales, Can-Am Maverick X3, 2h14min45s81; 5) Rodrigo Varela/Idali Bosse, Can-Am Maverick X3, 2h17min18s90; 6) Enrico Almeida/Fabio Pedroso, Can-Am Maverick X3, 2h18min43s14; 7) Ismar Junior/André Galvão de Sá, Can-Am Maverick X3 XRS, 2h19min08s23; 8) Cristiano Batista/Robledo Nicoletti, Can-Am Maverick X3 RS, 2h20min42s70; 9) Edu Piano/Solon Mendes, Can-Am Maverick X3 XRS, 2h21min11s12; 10) Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira, Can-Am Maverick X3, 2h21min12s26.

Após seis etapas, os dez primeiros (extra-oficial) na classificação dos UTV são: 1) Lucas Barroso/Breno Rezende, Can-Am Maverick X3, 22h33min18s34; 2) Bruno Varela/João Arena, Can-Am Maverick X3, a 1min24s; 3) Ismar Junior/André Galvão de Sá, Can-Am Maverick X3 XRS, a 36min20s; 4) Edu Piano/Solon Mendes, Can-Am Maverick X3 XRS, a 38min54s; 5) Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira, Can-Am Maverick X3, a 39min46s; 6) Enrico Almeida/Fabio Pedroso, Can-Am Maverick X3, a 1h02min55s; 7) Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama, Can-Am Maverick X3, a 1h22min22s; 8) Gabriel Cestari/Edgar Fabre, Can-Am X3 XRS, a 1h41min37s; 9) Daniel Mahseredjian/Sano Chermont, Can-Am Maverick X3 XRS, a 1h46min18s; 10) Rodrigo Betti/Daniel crema, Can-Am Maverick X3, a 2h10min22; 11) Rodrigo Varela/Idali Bosse, Can-Am Maverick X3, a 2h39min55s; 12) Gabriel Varela/Gabriel Morales, Can-Am Maverick X3, a 3h07in30s.

320055 725754 brunovarela 216 rs17 gustavoepifanio 40068 press 300x200 - Rally dos Sertões: Bruno Varela ainda acredita na vitória entre os UTV

Curta www.facebook.com/DivinoFogaoRallyTeam

Contatos com a assessoria de imprensa:

Tel/WhatsApp: 11-99681.3549 com Otazú

Acompanhe: http://www.sertoes.com/