Beto Monteiro e David Muffato representam a Copa Truck na Cascavel de Ouro.

Pernambucano da Iveco e paranaense da Volkswagen-MAN vão disputar prêmio de R$ 100 mil em dupla pela Sensei-Sorbara Motorsport

Dois nomes que integram o grid da nova Copa Truck confirmaram nesta quarta-feira (25) a atuação em dupla na 31ª Cascavel de Ouro. A prova de 5 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, vai marcar os 50 anos de história da corrida mais tradicional do automobilismo do Sul do país e terá David Muffato e Beto Monteiro revezando a pilotagem do GM Celta número 23 da equipe Sensei-Sorbara Motorsport.

Muffato, paranaense de Cascavel, busca sua terceira vitória na Cascavel de Ouro – foi campeão em 1994, ao lado de Edgar Favarin e Gilson Reikdal na pilotagem de um protótipo Aldee, e em 2004, formando dupla com Ruy Chemin em um Ford Escort. “Vamos ver se conseguimos o terceiro título. É uma prova especial, sobretudo agora, chegando a 50 anos com uma premiação grande”, diz, citando os R$ 100 mil que serão entregues aos vencedores.

“Correr em dupla com o Beto vai ser ótimo, até brinquei com ele que vai ser um carro com dois caminhoneiros”, comenta Muffato. “Volto a participar da Cascavel de Ouro por uma estrutura mais forte e muito bem organizada, vamos caprichar”. O pernambucano Monteiro ficou satisfeito com a formação da dupla. “Para mim é bacana. David é um cara da terra, conhece tudo, e vai ser legal a gente representar a Copa Truck em um esquema bom como o da equipe.

Monteiro disputou a Fórmula Truck de 2002 a 2016, conquistando dois títulos brasileiros, em 2004 e 2013. Neste ano é um dos nomes da Copa Truck, tendo conduzido o Iveco da Lucar Motorsports ao título da Copa Centro-Oeste. Também disputa a Stock Car, pela equipe Mico’s Racing. Atua com frequência em competições de kart e em provas de longa duração do automobilismo norte-americano, na liga FARA USA, que tem suas etapas em pistas da Flórida.

Muffato iniciou carreira no kart, passou pela Fórmula 3 sul-americana e pelo Paranaense de Marcas & Pilotos, de onde saiu como campeão em 1999 para estrear na Stock Car, categoria em que foi campeão brasileiro em 2003. Desligou-se da Stock Car em 2013 e é piloto de caminhões de forma regular há quatro temporadas. Em 2017, defende a RM Competições – esteve no pódio da etapa do último domingo (16) em Fortaleza como terceiro colocado.

A Sensei-Sorbara Motorsport inscreveu outros três GM Celta no grid da Cascavel, dois deles com pilotos da Stock Car – Galid Osman, que atuará pelo terceiro ano consecutivo ao lado de André Bragantini, e Guilherme Salas, que formará dupla com Felipe Carvalho. O outro carro da equipe será pilotado por Paulo Bento e Caíto Carvalho. Bento e os irmãos Carvalho e Bento defendem a equipe no Metropolitano de Marcas & Pilotos de Cascavel.

Chefiada por José Sorbara num trabalho conjunto com o filho Douglas e o sobrinho Rafael, Sensei-Sorbara Motorsport venceu a Cascavel de Ouro duas vezes na década passada, ambas com o piloto Flávio Poersch. Em 2003, Poersch atuou em dupla com Aloysio Ludwig Neto na pilotagem de um modelo Volkswagen Voyage. Em 2005, conquistou o bicampeonato pela equipe tendo Edgar Favarin como parceiro na pilotagem de um Ford Escort.

A equipe atuou na 30ª Cascavel de Ouro, em 2016, com três trios, todos classificados entre os 10 primeiros. Guilherme Salas, Beto Monteiro e Daniel Kaefer conquistaram o terceiro lugar. Felipe Carvalho, Ingmar Biberg e Ângelo Giombelli ficaram em sétimo. André Bragantini, Galid Osman e Caíto Carvalho terminaram em décimo, depois de perderem a liderança por uma pane elétrica no carro que motivou uma parada de seis voltas nos boxes.

A PROVA
A Cascavel de Ouro mantém o formato praticado desde 2014, levando à pista carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6 configurados pelo regulamento técnico do Campeonato Paranaense de Automobilismo. A corrida terá duração de três horas, admitindo atuação dos pilotos em duplas ou trios. Haverá três pit stops obrigatórios para troca de pilotos, com duração mínima de quatro minutos determinada pelos padrões de segurança das provas de longa duração.

A taxa de inscrição na Cascavel de Ouro é fixada por carro, tendo valor igual para duplas e trios de pilotos. As inscrições efetuadas até 31 de agosto terão custo de R$ 3.500,00. Para as confirmações feitas entre os dias 1º e 30 de setembro o valor será de R$ 4.000,00. A partir de 1º de outubro a taxa será de R$ 4.500,00 por carro. Mais informações a respeito de inscrições podem ser solicitadas por e-mail, para o endereço cascaveldeouro2017@gmail.com.

26/07/2017 – Grelak Comunicação

A Sensei Sorbara Motorsport 300x200 - Beto Monteiro e David Muffato representam a Copa Truck na Cascavel de Ouro.

(crédito da foto – Cleocinei Zonta/Grelak Comunicação):
A Sensei-Sorbara Motorsport terá quatro carros no grid da Cascavel de Ouro, todos do modelo GM Celta

David Muffato 300x200 - Beto Monteiro e David Muffato representam a Copa Truck na Cascavel de Ouro.
Foto: Rodrigo Aguiar Ruiz / RR Media

David Muffato, vencedor da Cascavel de Ouro em 1994 e em 2004, disputa a edição cinquentenária pela Sensei-Sorbara Motorsport

o pernambucano Beto Monteiro 200x300 - Beto Monteiro e David Muffato representam a Copa Truck na Cascavel de Ouro.

(crédito da foto – Everton Rupel/Grelak Comunicação):
Disputando a Copa Truck e a Stock Car, o pernambucano Beto Monteiro prepara-se para sua terceira Cascavel de Ouro

Caíto Carvalho André Bragantini e Felipe Carvalho 300x200 - Beto Monteiro e David Muffato representam a Copa Truck na Cascavel de Ouro.

(crédito da foto – Cleocinei Zonta/Grelak Comunicação):
Caíto Carvalho, André Bragantini e Felipe Carvalho, pilotos da Sensei-Sorbara Motorsport

Paulo Vitor Bento  200x300 - Beto Monteiro e David Muffato representam a Copa Truck na Cascavel de Ouro.

(crédito da foto – Cleocinei Zonta/Grelak Comunicação):
Vice-líder do Metropolitano de Marcas, Paulo Vitor Bento vai disputar sua terceira Cascavel de Ouro

Galid Osman 300x200 - Beto Monteiro e David Muffato representam a Copa Truck na Cascavel de Ouro.

(crédito da foto – Rafael Gagliano):
Galid Osman, integrante da lista de vencedores da Stock Car, disputa a Cascavel de Ouro pela terceira vez

Guilherme Salas 300x200 - Beto Monteiro e David Muffato representam a Copa Truck na Cascavel de Ouro.

(crédito da foto – Rodrigo Guimarães):
Guilherme Salas, também piloto da Stock Car, estreou com pódio em 2016 e busca a primeira vitória na Cascavel de Ouro