Régis Boessio lidera, abandona e destaca entrada em “grupo seleto” da Copa Truck

bd5b025e67b0cf00b55ea486932df8cf - Régis Boessio lidera, abandona e destaca entrada em "grupo seleto" da Copa Truck

Rompimento de mangueira de água na etapa de Fortaleza impede primeira vitória do piloto gaúcho na temporada de 2017

Régis Boessio teve neste domingo (23) a possibilidade mais evidente de conquistar sua primeira vitória na Copa Truck. Líder de quase metade da prova que encerrou a quarta etapa, em Fortaleza, o gaúcho abandonou a disputa no Autódromo Internacional Virgílio Távora na 12ª volta, por conta do rompimento da mangueira de água do radiador do caminhão Volvo número 83. As vitórias foram dos paulistas Felipe Giaffone e Roberval Andrade.

“Mais uma vez uma mangueira de água nos deixou na mão. A gente vai ter que reavaliar o motivo de outra mangueira acabar com um fim de semana, e nem foi a mesma mangueira”, lamentou o gaúcho, citando seu abandono na etapa de 8 de julho na pista pernambucana de Caruaru, com o rompimento da mangueira de água do motor. “A mangueira arrebentou e pôs toda a água para fora, nos dando esse transtorno. Poderíamos ter vencido”.

Apesar do problema, Boessio mostrou-se satisfeito com os resultados do trabalho desenvolvido ao longo do fim de semana da etapa cearense. “Nosso caminhão está rápido e consistente, andando bem. Eu vinha bem, brigando na frente. A gente sabe que o equipamento ainda não está no nível dos ponteiros, mas já estamos incomodando bastante e participando desse grupo tão seleto do primeiro pelotão da Copa Truck”, apontou o gaúcho.

Sétimo colocado no grid, Boessio foi quinto colocado na primeira corrida da etapa. “Eu tinha um caminhão agressivo para atacar o André Marques, mas não era necessário forçar tanto o ritmo. Foi uma questão de entendermos que não valeria a pena forçar, e penso que foi uma postura correta de nossa parte, porque terminamos bem e conseguimos uma boa posição de largada”, avaliou. O quinto lugar valeu-lhe a segunda posição no grid da segunda prova.

Dada a largada da segunda corrida, Boessio valeu-se da ida aos boxes de Wellington Cirino, que tinha a primeira posição no grid, para ser o líder. “Fiz uma boa largada, mesmo sem o Cirino estar à frente, porque larguei pelo lado de fora e precisava me posicionar à frente do André, o caminhão dele tem mais potência de reta que o meu. Nos trechos de baixa e nas curvas eu conseguia abrir alguma distância, e nas retas ele me buscava rapidamente”, narrou.

Boessio estacionou nos boxes para abandonar a corrida logo depois da mangueira de água se desconectar do radiador. “Vamos focar o trabalho agora no ajuste desses detalhes onde temos enfrentando o problema para corrigi-lo. Estamos no caminho certo e vamos ter uma grande satisfação com as vitórias”, encerrou o piloto, que compete com apoio de Suspentech, Rede de Postos Buffon, Magrão Autopeças, Ceará Caminhões e Rodoceará.

RESULTADOS DA QUARTA ETAPA DA COPA TRUCK
(As duas corridas disputadas neste domingo em Fortaleza)

Primeira corrida, 23 voltas
1º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 23min48s406
2º) Roberval Andrade (SP/Iveco), Dakarmotors, a 1s866
3º) Leandro Totti (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 2s768
4º) André Marques (SP/Mercedes-Benz), AM Motorsport, a 15s155
5º) Régis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições, a 18s151
6º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), AM Motorsport, a 18s867
7º) Fábio Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 47s128
8º) Renato Martins (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 1min27s509
9º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 1min27s848
10º) Duda Bana (PR/Scania), Luhrs Motorsport, a 1min32s871
11º) José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, a 1 volta
12º) Danilo Dirani (SP/Scania), Corinthians Motorsport, a 6 voltas
NÃO COMPLETARAM
Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 11 voltas
Pablo Alves (GO/Ford), Original Reis Competições, a 12 voltas
Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 16 voltas
Joel Mendes Júnior (SC/Scania), Luhrs Motorsport, a 19 voltas
David Muffato (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 19 voltas
Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports, a 21 voltas
Witold Ramasauskas (SP/MAN), RM Competições, a 21 voltas
Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 21 voltas
Melhor volta: Giaffone, 1min00s391, média de 110,281 km/h

Segunda corrida, 25 voltas
1º) Roberval Andrade (SP/Iveco), Dakarmotors, 26min04s410
2º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 0s076
3º) David Muffato (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 4s990
4º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports, a 17s673
5º) André Marques (SP/Mercedes-Benz), AM Motorsport, a 18s367
6º) Fábio Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 30s156
7º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 41s064
8º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 43s214
9º) Renato Martins (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 1 volta
10º) Witold Ramasauskas (SP/MAN), RM Competições, a 1 volta
11º) José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, a 1 volta
12º) Pablo Alves (GO/Ford), Original Reis Competições, a 2 voltas
13º) Duda Bana (PR/Scania), Luhrs Motorsport, a 7 voltas
NÃO COMPLETARAM
Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), AM Motorsport, a 9 voltas
Régis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições, a 14 voltas
Joel Mendes Júnior (SC/Scania), Luhrs Motorsport, a 16 voltas
Leandro Totti (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 18 voltas
NÃO LARGARAM
Danilo Dirani (SP/Scania), Corinthians Motorsport
Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições,
Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans
Melhor volta: Giaffone, 1min01s279, média de 108,683 km/h

CLASSIFICAÇÃO
A classificação da Copa Nordeste: 1º) Giaffone, 95 pontos; 2º) Andrade, 76; 3º) Marques, 75; 4º) Cirino, 66; 5º) Martins, 56; 6º) Lopes, 50; 7º) Monteiro, 37; 8º) Rodrigues, 35; 9º) Totti, 34; 10º) Jardim, 34; 11º) Ramasauskas, 33; 12º) F. Fogaça, 29; 13º) Muffato, 28; 14º) Reis, 27; 15º) Boessio, 22. A Copa Sudeste, último dos três minitorneios da Copa Truck, terá início no dia 15 de outubro no Circuito dos Cristais, na cidade mineira de Curvelo.

23/07/2017 – Grelak Comunicação – Fotos: Stephan Eilert/Grelak Comunicação

1eb1ec8774344c93dd6f5141be3f21e8 300x200 - Régis Boessio lidera, abandona e destaca entrada em "grupo seleto" da Copa Truck      aed6741b72aed97508811b94bc224695 300x200 - Régis Boessio lidera, abandona e destaca entrada em "grupo seleto" da Copa Truck

Legenda: Régis Boessio liderou a segunda corrida até o rompimento da mangueira tirá-lo da disputa

01af3e23c4bdbeb3f8b71b4a4728cd3d - Régis Boessio lidera, abandona e destaca entrada em "grupo seleto" da Copa Truck