Brasileiro de Turismo 1600 destaca duplas de pilotos formadas por pais e filhos

Edson Massaro e Rogério Cruzeiro têm, respectivamente, o filho e a filha como parceiros no novo campeonato nacional de automobilismo

Frisando também o caráter familiar das competições de automobilismo, a primeira temporada do recém criado Campeonato Brasileiro de Turismo 1600 terá entre seus destaques equipes formadas por pais e filhos. Duas duplas que seguem tais características estarão no grid já na primeira etapa, que terá suas corridas neste domingo (28) em Cascavel: Edson Massaro terá a seu lado o filho Lorenzo; Rogério Cruzeiro mantém a dupla com a filha Larissa.

Piloto de competições há mais de duas décadas, Edson Massaro passou a ter o filho Lorenzo como companheiro de equipe na Speed Car em 2016 nas etapas do Campeonato Metropolitano de Marcas & Pilotos. “Em Cascavel cada um deles corre em um carro. No Brasileiro, a opção foi pela dupla, até porque a equipe viabilizou um terceiro carro, um Gol, que o Edson e o Lorenzo vão usar em todas as etapas”, explica o chefe de equipe Cláudio Deitos.

Correr ao lado do filho era objetivo de Edson Massaro desde antes do envolvimento direto de Lorenzo com as corridas. “Para mim foi uma felicidade enorme quando ele veio para o autódromo e começou a correr. No último ano a gente passou a disputar a mesma categoria, virou uma disputa em família e na pista nenhum dos dois alivia para o outro. Mas ter o meu filho como parceiro é um sonho, que agora será realizado no Campeonato Brasileiro”, afirma.

A experiência que Massaro aguarda com expectativa tem sido vivida por Rogério Cruzeiro há várias temporadas. Ele e Larissa já atuaram em dupla em campeonatos de Marcas & Pilotos 1.6 em Goiânia e em São Paulo. “Corremos juntos em Cascavel, também, na última Cascavel de Ouro”, lembra o piloto. “A Larissa mostrou talento desde criança, ainda no kart. Faz dez anos que ela corre de carros e ver a evolução dela é um troféu e tanto”, testemunha.

Pai e filha competem com o Ford Ka da cascavelense Ferrari Motorsport, em associação com a goiana Classe A Motorsport. “Só vejo o lado positivo de correr com o meu pai. Ele nunca vai ser meu adversário na pista, já que cada um corre em uma bateria. Os filhos sempre têm os pais como heróis, e sempre vou me inspirar nele”, diz a piloto 26 anos. “Hoje quem acerta o carro sou eu, é consenso na equipe, mas tudo que sei do assunto eu aprendi com ele”.

A primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo 1600 terá pilotos de Bahia, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. A programação da etapa, que inclui oito sessões de treinos livres, terá início na sexta-feira (26). As provas de domingo terão transmissão ao vivo no portal CATVE.com e também na página da CATVE no Facebook. O canal BandSports apresentará a corrida em VT em data ainda não anunciada.

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO 1600
(Horários de treinos e corridas para primeira etapa)

Sexta-feira, 26 de maio
9h10 – primeiro treino livre (50 minutos)
10h50 – segundo treino livre (50 minutos)
14h20 – terceiro treino livre (50 minutos)
16h35 – quarto treino livre (50 minutos)

Sábado, 27 de maio
9h15 – quinto treino livre (30 minutos)
11h15 – sexto treino livre (30 minutos)
13h00 – sétimo treino livre (30 minutos)
15h00 – oitavo treino livre (30 minutos)
16h50 – treino classificatório

Domingo, 28 de maio
8h15 – treino de aquecimento (15 minutos)
9h55 – largada da primeira corrida (30 minutos mais uma volta)
13h40 – largada da segunda corrida (30 minutos mais uma volta)

INSCRIÇÕES
A taxa de inscrição do Brasileiro de Turismo 1600 é de R$ 1.800,00 por carro, independentemente do número de pilotos – são admitidas participações individuais ou em dupla. O procedimento está disponível no site da categoria, brasileirodeturismo1600.com, no campo “Pilotos inscritos”. O grid acolherá os modelos Fiat Palio, Fiat Uno, Ford Fiesta, Ford Ka, GM Classic, GM Celta, GM Corsa, Hyunday HB20, Peugeot 207, Renault Clio e VW Gol.

2ca5e731d13027c2e49374a83ee7c5e9 300x300 - Brasileiro de Turismo 1600 destaca duplas de pilotos formadas por pais e filhos

Legenda 1 (crédito da foto – Cíntia Azevedo):
Rogério Cruzeiro corre como parceiro da filha Larissa, que até o momento é a única mulher inscrita no Brasileiro de Turismo 1600

dd1d1de9bfc0bbdc26170535ad8a30f4 300x200 - Brasileiro de Turismo 1600 destaca duplas de pilotos formadas por pais e filhos
Legenda 2 (crédito da foto – Sandra Zama):
Rogério e Larissa Cruzeiro tiveram sua primeira experiência no circuito em outubro de 2016, na 30ª Cascavel de Ouro

77437262a29e67a6feb1afed864f3a6e 300x200 - Brasileiro de Turismo 1600 destaca duplas de pilotos formadas por pais e filhos

Legenda 3 (crédito da foto – Cleocinei Zonta):
Piloto há mais de duas décadas, Edson Massaro tem o filho Lorenzo como companheiro de equipe na Speed Car desde 2016

28ed265be278bdbc4337a94dddde691f 300x182 - Brasileiro de Turismo 1600 destaca duplas de pilotos formadas por pais e filhos

Legenda 4 (crédito da foto – Cíntia Azevedo):
Adversários no Metropolitano de Marcas de Cascavel, Edson e Lorenzo Massaro formam dupla no Brasileiro de Turismo 1600

24/05/2017 – Grelak Comunicação